Jornal Simpatia

Caçapava & Região

Vamos lá galera de Caçapava. Bora para o debate necessário: vocês sabem o que é lixo infectante?

São os resíduos  provenientes do atendimento a pacientes ou estabelecimento de saúde ou unidade que execute atendimento médico (consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais), seja de humanos ou animais. Esse tipos de resíduo também podem ser encontrados em locais como centros de análises e pesquisas laboratoriais e farmacologia.

Tais resíduos representam sério risco à saúde humana e ao meio ambiente, pois, além de infectantes é composto por uma grande variedade de substâncias tóxicas, inflamáveis e até radioativas.

Vocês acham justo a prefeitura de Caçapava bancar  cerca de R$ 60.000,00 por mês com o lixo infectante oriundo de hospitais, laboratórios, clínicas e consultórios particulares? Por ano da aproximadamente R$ 720.000,00. Recurso que poderia ser aplicados nas tantas demandas do nosso município! Inclusive Caçapava é a única cidade da região metropolitana do Vale do Paraíba que banca o descarte do lixo infectante. Em outras cidades cada consultório, clínica, laboratório e hospital paga por quilo da geração do seu resíduo.

Inclusive pode acontecer de alguns estabelecimentos que gera lixo infectante em outra localidade enviar seu lixo para os estabelecimentos particulares de Caçapava, já que aqui não é cobrado!

Por tanto, é certo, você contribuinte pagar pela geração de resíduos da saúde privada, enquanto a saúde pública pede socorro? Ou seja, é o dinheiro público há anos beneficiando o atendimento privado!

Precisamos urgente na forma de uma Lei Municipal, que oriente e ordene essa questão, e urgente! Quem vem comigo?